Thursday, January 9, 2014

Como disse no post anterior, eu sou uma geocacher trapalhona e entusiasmada! ahahah Fiquei de vos falar um pouquinho do geocaching, e é isso que vou fazer agora!

Quem não gosta de conversa da treta, não aconselho a continuar a ler. Quem está curioso, fique, é da curiosidade que se faz um geocacher! :D

Ora bem, o geocaching é um jogo super divertido, para miúdos e graúdos, que tem o intuito de nos levar a passear por sítios que jamais visitaríamos noutras ocasiões, para apanharmos umas caixinhas/caixas/caixonas onde efectuamos o nosso login (muitas vezes trocamos miminhos) e marcamos a nossa visita.
Basicamente, como caçar tesouros!

É óptimo para fazer em grupo/família, apesar de eu ser a desorganizadora/desorientadora do nosso grupo, gosto muito dele!!
Faz-se desporto, visitam-se locais LINDOS, convive-se… Tudo do melhor!

Existem MILHÕES de caches/containers perdidos por TODO o mundo, e de certeza já se cruzaram com alguma sem sequer perceberem! Portugal está bem recheadinho!!
Vamos por passos...

O que devemos levar sempre connosco?

- GPS (se não tem o baratinho (NOT) Garmin, utilizem de outra marca ou mesmo o do telemóvel, mas não esqueçam que existe sempre um gap entre as coordenadas e o local onde a cache efectivamente se encontra);
- Material de escrita (caneta ou lápis, ou o que seja);
- Roupa adequada;
- Garrafa de água, snacks (dependendo da demora e do local);
- Lanterna (dependendo das horas a que vão)
- Quando a cache permite trocar miminhos, devem ter qualquer coisa para trocar. Não precisa ser nada de muito valor. É importante trocar objectos de igual valor. Nós já trocamos uma conta do City Bar do Campo Pequeno, por um bilhete já utilizado de uma exposição.

Bem, o que têm que fazer para entrar no jogo?

1) Resistam-se no site http://www.geocaching.com e escolher o vosso login (é com este que vão assinar os logbook que existem nos containers)

2) Fazem uma pesquisa, por proximidade, por região, por morada, coordenadas...

3) Estudar bem a cache:
 - retirar as coordenadas, 
 - verificar os comentários mais recentes, de forma a ter a certeza que o container está onde é suposto e não foi violado. 
 - Atenção ao tamanho do container e à designação da dificuldade e do terreno, bem como se é permitidas troquinhas de objectos específicos (como é o caso da cache Once Upon a Time, em Sintra, que se trocam anéis)
- Verifiquem se a cache tem qualquer tipo de enigma, para descodificar as coordenadas reais da cache. Há enigmas que levam o seu tempo a ser desvendados. Enigmas de coordenadas que nos levam a visitar locais, para descodificar cada algarismo das coordenadas reais da cache… etc…

4) Agarrar nas trouxas e pés ao caminho!

5) Ao encontrar a cache, registam no logbook o vosso login (agradecesse que manifestem a vossa gratidão ao owner (criador) da cache).

Não esqueçam de disfarçar para passarem despercebidos… Se for um local cheio de muggles (humildes e comuns terrestres, não geocachers) e forem percebidos, podem por em risco o container ou o seu esconderijo.

6) Curtir a vista, conhecer os locais, conviver com as gentes, tirar fotos, namorar, etc etc etc …

7) Chegando a casa, registam no site a vossa experiência e marcam mais “um sorriso no vosso mapa”! :)

8) Muitas vezes podem não encontrar a cache, por várias razões:
- Desapareceu, levado por um muggle;
- O geocacher anterior não a colocou no local devido;
- Container cedeu às intempéries;
- Descodificaram mal algum enigma;
- Escreveram mal as coordenadas; ….
De qualquer forma, devem apresentar esses argumentos no site. Bem como, no caso de o logbook estar cheio, ou a cache danificada.


Trackables
Trackable são uma espécie de peças de jogo do geocaching.
A intenção é fazer com que estes objectos viajem de cache em cache por todo o Mundo, excepto quando indicado o contrário pelos seus proprietários. Daí que convém que, quando encontram um, tenha esse objectivo em mente. Devendo (após verificar a viagem que ele já fez através do número que lhe está associado) coloca-lo em sítios bastante visitado por turistas. Obviamente, se virem através do número, que acabou de chegar a Portugal, a intenção será fazê-lo viajar pelo país inteiro, e só depois envia-lo com turistas!

Existem 3 tipos:
- Travel Bugs da Groundspeak: anexados a outros objectos (são os companheiros de viagem) e geralmente estão associados a metas ou objectivos.

- Geocoins: São moedas criados por geocachers. Estas funcionam como os Travel bugs, devem ser levadas de cache em cache para conhecer o mundo, excepto quando o owner der indicações em contrário.

- e outros Trackables: Pode ser qualquer objecto (brinco, emblema, t-shirt, etc, etc), só terá um número associado, que é único, para se poder rastrear.


Deixo aqui uns vídeos que podem ajudar-vos a perceber melhor esta coisa do geocaching.
Já desde o mês passado que não faço (shame on me) e já tenho taaaantas saudades!!!




E estas são as figuras que às vezes vamos fazendo, Ahahahahahah



Se estiver algum geocacher desse lado, ponha o dedo no ar! Se me esqueci de algo, digam! :D

Boas cachadas, Kiss kiss

0 comments:

Post a Comment

Translate

About Me

My photo
Lisboa, Portugal
Olá, sou a Débora, tenho 28 anos e foi à cerca de 4 anos que descobri esta paixão pelas artes decorativas. Sejam muito bem-vindos! :)

Followers